(Português do Brasil) Como planejamos trabalhar no futuro

28 12 2020

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Começamos 2020 cheios de projetos e esperanças. Mas, a chegada de uma pandemia nos colocou para repensar a forma como temos trabalhado, há 30 anos, para promover transformações cada vez mais significativas na vida das pessoas. 

Nossa primeira ação como empresa, após a chegada da COVID-19 no Brasil, foi proteger os nossos colaboradores sem impactar as soluções das quais a sociedade depende para continuar funcionando. O home office foi adotado para os quase 2 mil softplayers em todo o Brasil e a aceitação do modelo fez com que nós criássemos novos modelos de trabalho.  

O que conseguimos manter e até melhorar em home office  

Em uma pesquisa realizada com os colaboradores, onde tivemos a participação de 74% da empresa, percebemos alguns diferenciais que os softplayers enxergaram no trabalho remoto. Sobre a percepção do aumento da produtividade, 82% responderam que aumentou com o trabalho remoto. A redução no tempo gasto com deslocamento, estar mais próximo da família, a redução dos gastos com refeições fora de casa e um menor número de distrações também foram pontuados. 

Nossas soluções são conectadas à transformação digital, que vem mantendo o mundo funcionando, e isso só reforça nossos valores de foco no sucesso do cliente e inovação orientada à transformação, acompanhando uma tendência que deve se firmar cada vez mais nas empresas mundialmente, que é a de transacionar de um modelo totalmente presencial para o híbrido. 

Por visualizarmos esses benefícios e por atuarmos em um modelo de negócio que é amigável ao home office, adotamos um modelo de trabalho mais livre. Ele representa um dos desdobramentos práticos da cultura Softplan, reformulada em novembro deste ano. Temos, agora, um modelo que contempla autonomia e, ao mesmo tempo, responsabilidade. Essa é uma demonstração de como confiamos nas pessoas.  

O novo modelo tem um caráter híbrido, diferente da realidade de muitas equipes antes da pandemia. A nova proposta de trabalho conta com duas possibilidades:  home & office e anywhere office. No home & office, o contrato é majoritariamente remoto, com até dois dias de trabalho por semana no escritório. Nesse caso, as estações de trabalho ficam flutuantes, como em um coworking. Já no anywhere office, o colaborador pode trabalhar de qualquer lugar do país, já que atua 100% de forma remota e não precisa ir ao escritório. Somente teremos modelo 100% presencial para os Softplayers alocados no cliente onde há atuação de forma presencial devido a necessidade contratual.  

Como o modelo foi definido e quais são os próximos passos

Desde a formação do comitê para definição das diretrizes do novo modelo, definimos que seria essencial a participação de todos na construção. Além de estudos de mercado e benchmark com outras empresas, aplicamos uma pesquisa com todos os softplayers.   

Em dezembro iniciamos os desdobramentos com gestores e colaboradores com as diretrizes do modelo. As comunicações  são realizadas de acordo com o público. Inicialmente, os líderes foram comunicados, pois almejávamos fortalecer e empoderar as lideranças com informações para comunicação próxima com os seus times. Além disso, criamos um e-book especial sobre o tema que está disponível para todos da empresa, onde consta a política do modelo e uma FAQ que será constantemente atualizada com as principais dúvidas.  

Para 2021, também planejamos atividades de treinamento e reforço sobre o modelo. As atividades presenciais serão retomadas, de acordo com a decisão prévia de cada pessoa, apenas em abril, quando planejamos executar ações e treinamentos ligados a saúde e segurança.  

Expectativa para os próximos anos

Esperamos evoluir muito com este modelo. Afinal, ele será um desafio para todos. Alinhado com nosso mindset de inovação e melhoria contínua, a única certeza que temos é a de que este modelo irá evoluir a partir dos aprendizados adquiridos durante a implementação. Além das pesquisas de clima já previstas e a realizadas semestralmente, estamos planejando também uma pesquisa específica para acompanhamento da aplicação do modelo. Ainda teremos um comitê formado por líderes chave na empresa para discutir as lições aprendidas e pensar em novas proposições para o que teremos nos próximos anos.

Related Posts

If you accept we will use cookies to improve your experience on this site. Some will collect your usage preferences (language, location, personalization), others will collect statistics. You may accept or decline, but in all cases Softplan encourages you to read our Privacy Notice.